Planeta anormais detectados fora do nosso sistema solar

O objeto enorme é 12,7 vezes a massa de Júpiter e tem um campo magnético 200 vezes mais poderoso.
Sua detecção pelo Very Large Array (VLA) da National Science Foundation marca a primeira vez que um objeto de massa planetária fora do nosso sistema solar foi detectado por um radiotelescópio.
O termo ‘ladino’ se refere ao fato de existir no espaço interestelar e não orbitar uma estrela-mãe.
“Este objeto está bem na fronteira entre um planeta e uma anã marrom, ou ‘estrela falida’, e está nos dando algumas surpresas que podem potencialmente nos ajudar a entender os processos magnéticos tanto nas Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!